PT EN

Publicações da Fundação

Publicação de artigos, comunicações, recensões críticas, notas de leitura e trabalhos de natureza pedagógica de formadores e formandos realizados no âmbito das Ciências do Bebé e da Família.

Como anteriormente anunciámos, com esta nova publicação iniciamos a partilha de alguns trabalhos dos formandos da 1ª edição do Curso Pós-Graduado de Aperfeiçoamento sobre as Ciências do Bebé e da Família.

Nestas valiosas reflexões finais mostram-nos como, alicerçados no Modelo Touchpoints, potenciam a centralidade do Bebé e a Família, protagonistas maiores da sua/nossa ação.

PROJECTO DE INTERVENÇÃO - CRESCER... EM GRANDE!
Filipa Fareleira
Médica Assistente de Medicina Geral e Familiar
UCSP Rio de Mouro

Projecto de Intervenção - Crescer em Grande!



O ALVORECER DA PARENTALIDADE
O Desafio para os pais de um bebé pré-termo
Susana Filipa Catarino Oliveira Costa
Enfermeira Especialista em Saúde Infantil e Pediatria,
Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais do Hospital de Dona Estefânia, CHLC, E.P.E.

O Alvorecer da Parentalidade



O BEBÉ E A SUA CIRCUNSTÂNCIA
Sofia Vilanova de Almeida Pinto
Educadora de Infância, Dinamizadora Pedagógica da Creche
Obra Social Paulo VI

O Bebé e a sua circunstância



(RE)CONSTRUÇÃO DA FAMÍLIA
Família Migrante em contexto de doença
Ivete Monteiro
Enfermeira Especialista em Saúde Infantil e Pediatria
Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE
Hospital Dona Estefânia
Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais

(RE)CONSTRUÇÃO DA FAMÍLIA - Família Migrante em contexto de doença



MODELO TOUCHPOINTS E BOA PRÁTICA EM CUIDADOS NEONATAIS
Jorge Manuel Amado Apóstolo
Professor Coordenador
Coordenador da Unidade Científico-Pedagógica de Enfermagem de Saúde da Criança e do Adolescente
Escola Superior de Enfermagem de Coimbra

Modelo Touchpoints e a boa prática em cuidados neonatais

 

 

 

O paradigma do recém-nascido como esteira para uma formação centrada na(s) Pessoa(s).
Ana Teresa Brito


A Fundação Brazelton Gomes-Pedro inicia a publicação de trabalhos no domínio das Ciências do Bebé e da Família dando a vez e a voz aos formandos que realizaram a primeira edição do Curso Pós-Graduado de Aperfeiçoamento em Ciências do Bebé e da Família (2013|2014).

Em Fevereiro de 2014, tive o gosto de partilhar estas vozes no Simpósio "A Fundação Brazelton/Gomes-Pedro e o Recém- Nascido: a investigação, a clinica e a formação", integrado no 10o Congresso Nacional de Psicologia da Saúde (Universidade Fernando Pessoa, Porto).
Hoje, no prelo da nova edição do Curso, é com grande prazer que as partilho no âmbito das publicações da Fundação BGP.

O artigo Intitulado "Formação em Ciências do Bebé e da Família - O paradigma do recém- nascido como esteira para uma formação centrada na(s) Pessoa(s)" ilumina um percurso formativo intensamente vivido por formadores e formandos - aprendendo, partilhando, reflectindo, desenvolvendo conhecimento, pensamento e gesto profissional e pessoal.

Aqui trago, de modo particular, a voz dos formandos que, mensalmente, realizaram uma reflexão e análise crítica e fundamentada com base nos conteúdos trabalhados em cada um dos dez módulos do Curso. Como descrevo no texto, através desta proposta de avaliação contínua a equipa de coordenação do curso esperava "encontrar a reconstrução da experiência vivida por cada formando em cada módulo de formação, tradutora do significado que cada um atribui aos conteúdos trabalhados". Com base em excertos de oito das dez reflexões realizadas - que fui autorizada a partilhar - procurei evidenciar os aspectos mais reveladores do impacto deste Curso de formação em cada um.

Nos próximos meses, publicaremos alguns trabalhos dos formandos que, particularmente, revelam a capacidade de fazer seus os conteúdos da formação. Nestes trabalhos, uma educadora de infância, uma médica de família, duas enfermeiras na área da neonatologia e um docente de ensino superior, professor coordenador no domínio da enfermagem, tecem conteúdos, contextos, tempo e pessoas do seu universo pessoal e profissional e mostram como, através da sua própria transformação, potenciam a centralidade do Bebé e a Família, protagonistas maiores da sua/nossa acção.

A todos o meu grande agradecimento pela grande aprendizagem que me proporcionaram,

Ana Teresa Brito

Docente e membro do Conselho de Administração da Fundação BGP para as Ciências do Bebé e da Família.


Formação em Ciências do Bebé e da Família - O paradigma do recém-nascido como esteira para uma formação centrada na(s) Pessoa(s)